Arena olímpica de golfe do Rio está aberta a cariocas e turistas

Notícias recentes sobre o que acontece de mais importante voltar

 

Imagine disputar uma partida de futebol no gramado do Maracanã. Ou jogar vôlei ou basquete na arena onde campeões olímpicos disputaram ponto a ponto medalhas de ouro. Parece um sonho, certo? Mas se o seu esporte é o golfe, jogar uma partida com amigos ou mesmo aprender as primeiras tacadas no mesmo campo que atletas consagrados é uma realidade ao alcance de todos. Aberto de domingo a domingo, o Campo Olímpico de Golfe do Rio de Janeiro está de braços abertos para receber cariocas e turistas. Basta ligar e agendar o seu tee time.

Projetado pelo arquiteto americano Gil Hanse, o campo é um dos legados olímpicos da cidade do Rio de Janeiro. Em 2016, sediou a volta do golfe – após 112 anos – aos jogos e foi palco para as façanhas do britânico Justin Rose, que além de faturar o ouro foi o primeiro jogador a fazer um hole-in-one (acertar o buraco na primeira tacada), em Olimpíadas. De lá pra cá, o campo ganhou um calendário de torneios para iniciantes e profissionais e já recebeu o Aberto do Brasil.

Rio 2016 – Golfe – 13/08/2016 – Foto: Renato Sette Camara
https://www.flickr.com/photos/riotur/28940111142/in/album-72157671261704261/

 

 

O campo, com 1 milhão de metros quadrados, conta com 18 buracos com greens cuidadosamente mantidos, aluguel de carrinhos, driving range, aulas de golfe, vestiários e toda estrutura necessária para grandes eventos. “Estamos falando de um espaço público, aberto a todos os esportistas de golfe, seja iniciante, seja amador ou profissional, e que foi construído com o que há de mais moderno no mundo do golfe, desde a grama passando pelos equipamentos de irrigação e de alta performance para os atletas”, diz Carlos Favoreto, presidente do Campo Olímpico de Golfe.

Além de incentivar a prática e a difusão do esporte no Brasil, o campo, que também conta com programação de cursos e projetos sociais voltados para crianças, tem atraído turistas de todas as partes do mundo. “Atraímos para o Rio de Janeiro turistas que antes não pensavam em desembarcar em nossa cidade. Eles chegam para jogar golfe, porém nunca estão sozinhos. Na maioria das vezes, trazem a família inteira. Além de visitantes de todas as partes do Brasil, recebemos pessoas da Argentina, México, Uruguai, Inglaterra, Portugal, França, Itália, Coreia do Sul, Japão, China e EUA”, conta Favoreto.

 

 

Campo Olímpico de Golfe (Avenida Moysés Castello Branco Filho 700, Barra da Tijuca. Reservas pelo 55 21 3030-4653. Todos os dias, exceto terças-feiras, das 6h30 às 18h. http://www.rioogc.com.br).